sexta-feira, 30 de setembro de 2011

TRABALHOS 1ANO : Leitura, interpretação e análise de texto

Ler a Carta do Chefe Seatle no livro NOVAS PALAVRAS página 263 ;
Criar um título;
Resumir (aproximadamente 20 linhas);
Comentar.

9 comentários:

Nathálya disse...

A Compra da Terra dos Índios


O Presidente dos Estados Unidos em 1.854 fez uma oferta para uma tribo de índios, a oferta era a compra das terras que eles habitavam.
Os índios por sua vez lhes dizeram:''como venderemos as Terras que não são nossas?O calor da terra,as águas,as florestas.
Cada pedaço da terra é sagrado.A terra é como se fosse a mãe,os rios nossos irmãos se lhes vendermos devem se lembrar e ensina como ela é importante ,quando um índio morre ele leva consigo as lembranças de nossa terra,e o homem branco não compreende nossos costumes,para ele nossa terra não tem significado,qualquer pedaço não significa nada,pois a noite ele vem e extrai tudo que necessita.
O que ocorrer com a Terra recaíra no seus filhos e aí vai ser o final da vida e o início da sobrevivência.''



Nomes:Natália,Thaís,Ana Carla
Números:25,34,03
1Ano B

. . . disse...

Ouro verde

Como podemos vender, ou comprar o que não possuímos?
Cada parte dessa terra é sagrada para meu povo, porque guarda lembranças e costumes. Nem quando mortos, esquecemos a terra, ao contrário do homem branco, ele é nossa mãe.
Quando querem nossas terras querem muito de nós. Se vendermos a terra não irão se lembrar, nem ensinar seus filhos que os rios são nossos irmão.
Se abusam da terra ela vira sua inimiga.
A cidade machucam os olhos, ferem os ouvidos, homem vermelho. De que vale a vida se não puder ouvir os ruídos da natureza?
Todos os seres, dividem o mesmo ar, o homem branco porém esquece disso.
Devem tratar os animais como irmão, o que acontece com o animal logo acontece com o homem, tudo está ligado. O homem pertence a terra.
Um dia, quem sabe, o homem branco e o homem vermelho se unirão, o nosso Deus é um só.
Quando entenderem o valor da natureza, serão iluminados pela força divina.
Onde estão as árvores, os animais? É o final da vida e o inicio da sobrevivência.



Comentário:

Nesse texto o índio da uma lição de vida aos homens brancos que querem comprar um coisa que eles não possuem.
Mas como reposta o chefe da tribo diz que se ele vendessem a terra sagrada, como condição os homens brancos deveriam amar e respeitar a terra como se fosse seu próprios irmãos,e passar de pai para filho o amor e respeito que devem ter pela terra.
Somos filhos da natureza e sem ela não iríamos sobreviver ,e se mal tratar a terra ela mal nos tratará também. A carta nos dá a entender que estamos rejeitando a nossa própria mãe... ou melhor vendo ela como um modo de ganhar dinheiro vendendo algo que
nem se tem.



Nomes: Daniela Toledo, Larissa Kelly e Mayra Lima.
N°s: 03, 15 e 20
Série: 1°A

tati disse...

Herança Preciosa

”Não há como vender algo que não pode ser comprado ou melhor, que não possuímos.”
Essa foi a resposta do Chefe Seatle ao pedido de compra do presidente dos EUA, as suas terras.Um pedido tanto que inadequado para seu povo, já que para eles suas terras eram como uma herança preciosa e não um bem comercial.Completa dizendo que tudo que a terra lhes oferecia como o ruído dos animais, as chuvas, que para o homem branco podia ser motivo de inquietação para eles era como um presente sagrado.E que as condições de venda deveriam ser que eles aprendessem a amar e respeitar a terra como Mãe,e os animais como irmãos,já que todo mal que o homem branco fizer a terra sempre voltará a ele mesmo.


Comentário:

Esse texto vem nos mostrando a importância de nós percebemos o valor da natureza para nossa sobrevivência.E que o principal é que devemos aprender a valorizá-la,percebendo todos os bens que ela nos dá e que as vezes passam por nós despercebidos.

Nomes:Alerrandro,Camila Karen e Tatiana Silva.
Números:02,09 e 33.
1°Ano B

Isabella Campos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
. . . disse...

A nossa rica natureza

O Grande Chefe em Washington manda comunicar que deseja comprar nossas terras; O Grande Chefe também nos envia palavras de amizade e de boa vontade. Reconhecemos sua gentileza, porque sabemos que ele não necessita da nossa amizade, mas levaremos em conta que se não o fizermos, o homem branco virá com armas, para tomar nossas terras.Quando o grande Chefe Seattle fala, o Grande Chefe em Washington pode confiar na sua palavra como ele pode contar com o retorno das estações, da Primavera, do Verão, do Outono e do Inverno e as palavras do Cacique são como as estrelas, elas não se desvanecem".
"Como se pode comprar ou vender o céu, o calor da Terra? Essa idéia nos é estranha, nós não possuímos a frescura do ar ou o brilho da água, como poderíamos vendê-los então?"
"OGrande Chefe em Washington manda comunicar que deseja comprar nossas terras.Oportunamente decidiremos. Todas as partes desta terra são sagradas para o meu povo; cada uma das agulhas brilhantes do pinheiro, todas as areias das praias, toda a bruma no fundo do bosque, toda a clareira ou zumbido de inseto, são sagrados na memória e na experiência do meu povo.Nós sabemos que o Homem Branco não entende as nossas maneiras; para ele, a terra é igual em toda parte, porque ele é um estranho que chega de noite e arranca da terra tudo o que ele necessita; para ele a terra não é a sua irmã, mas sua inimiga e quando ele a conquista, ele segue adiante, ele deixa atrás sepulturas dos seus pais e não se importa; ele seqüestra a terra a seus próprios filhos; ele, o Homem Branco não se importa."
"Estão esquecidos os direitos inatos de seus filhos; sua ambição devorará a terra e deixará somente o deserto. O aspecto de vossas cidades dói na vista do Pele-Vermelha, mas talvez seja porque o Pele-Vermelha é um selvagem e não entende."
"Não há lugar tranqüilo nas cidades do Homem Branco; não há lugar para ouvir as folhas da Primavera ou o sussurro das asas dos insetos, mas talvez, eu seja selvagem e não consiga entender a barulheira, essa barulheira que só insulta os meus ouvidos; mas, o que sobra da vida se o homem não mais pode ouvir o delicioso canto do rouxinol ou as discussões noturnas das rãs em volta do lago? O índio sente a aragem do vento soprando sobre a face do açude e o próprio odor do vento soprando sobre as terras, levado pela chuva do meio-dia ou o próprio vento aromatizado pelo pinheiro; o ar é precioso para o Pele-Vermelha porque todas as coisas compartilham o mesmo suspiro, os animais, as árvores, o homem. O Homem Branco parece que não nota o ar que respira, como o homem que está morrendo, há muitos dias, ele é insensível ao aroma. Se eu decidir aceitar, farei com uma condição: o Homem Branco deverá tratar os animais desta terra como seus irmãos; eu sou selvagem e não conheço outras maneiras. Eu vi apodrecendo nas pradarias milhares de carcaças de búfalos abandonados pelo Homem Branco que os matou a tiros da janela do trem; eu sou selvagem e não posso compreender como este fumegante cavalo de ferro seja mais importante que o búfalo, que nós matamos somente para viver."
"Quando todos os animais desaparecerem, o homem morrerá da grande solidão do Espírito, porque tudo o que acontece aos animais, acontece também ao homem; todas as coisas são interligadas: tudo o que acontecer à terra, acontecerá ao filho da terra".


COMENTARIO.

Esse texto nos fala que devemos nos importar mais com natureza.
Poque o homem branco não liga para o bem da natureza , eles so querem saber do bem material .
Mas o chefe da tribo nos deu uma lição mt importante, nos alertando do quanto a natureza e emportante em nossas vidas.


Nomes : Carlos junior , hiago reis
N° : 02,08
serie : 1° A
Escola :E.E.Padre Joãozinho

Isabella Campos disse...

O Valor da Nossa Terra

Resumo:

Em 1854 o presidente do estado Unidos fez uma proposta a uma tribo de Índios enviando uma carta ao chefe Seatle,a proposta era comprar suas terras e dar-lhes uma outra reserva.O índio respondendo a carta disse: Como vender o calor do sol ou o céu?Se os mesmos não nos pertencem?
Cada folha dessa terra é sagrada para nós,quando o chefe em Washington pede para comprar nossas terras,ele está pedindo muito de nós.
Se lhes vendermos nossa terra, terão de ensinar aos seus filhos a importância da mesma; a importância da água,dos rios, que por sua vez são nossos irmãos,e a importância da terra que também é nossa irmã, quando o homem branco cospe na terra ele está cuspindo em si mesmo.
Na sua cidade não é possível ouvir o som do desabrochar das flores ou o canto dos pássaros, como é possível viver sem isso?
Sem a tranquilidade de ter um lugar para desfrutar dos sons do bater das asas de um inseto.Na cidade do homem branco os ruídos ferem os ouvidos,nós índios preferimos o suave som do vento
Se vendermos nossas terras, terão de prometer cuidar dos nossos animais,porque o que seria do homem sem os animais? Sofreria de uma grande solidão de espirito,pois o que acontece com eles,acontece com os homens.
Há uma grande ligação.
Bom, o que sabemos é que a terra não pertence ao homem, o homem é quem pertence a terra, isto é ,
todas as coisas estão ligadas como o sangue une uma família.
O que acontecer com a terra, ocorrerá com seus filhos e então vai ser o fim da vida e o inicio da sobrevivência"

COMENTÁRIO:

" Mais do que uma simples carta, esse texto nos da uma grande lição de vida, pois nem sempre o homem percebe a importância da nossa terra, acham que tudo irá durar para sempre e só pensam em si.
Esse texto nos ensina que tudo que fizermos contra a terra se voltará contra nós, porque nos pertencemos a ela e não o contrário.
O chefe Seatle é muito claro quanto as suas opiniões e isso foi muito importante para que compreendêssemos com nitidez o valor da natureza, a importância de cada animal, cada planta, cada ruído e também da grande responsabilidade de ensinar aos nossos filhos tudo o que ele nos ensinou nessa carta.
Somos os filhos da terra, filhos da natureza e sem ela, o que seria de nós? Seria o mesmo que acordar sem ter como respirar, pois é da natureza que o ar chega aos nossos pulmões"


Nome: Izabella De Souza Campos
Numero:10
1 ano A

tati disse...

A venda de minhas terras

Chefe Seatle escreveu uma carta no ano de 1854,é uma carta de resposta para um povo que queria comprar sua terras.
Ele gostava muito de suas terras por isso fez muitas exigências para o povo que queria comprar as terras.Cada pedaço da terra era muito sagrado para ele.Seatle pediu para cuidar muito bem das terras dele por que até os mortos jamais esqueceriam daquela linda terra.Fez vários comentário sobre aterra,pediu que o povo que iria comprar a terra que ensinou se as crianças que a terra é sagrada e que cada reflexo na águas límpidas dos lagos da vida de povo dele.
Pediu também para cuidar muito bem dos animais,por que sem animal o homem não é nada.

Nome:Sara Dias e Hugo Gazolla
Números:02 e 22
1°Ano B

Samantha Greci disse...

A PRECIOSIDADE DA TERRA


Através de uma proposta feita pelo presidente dos Estados Unidos pela compra da terra indígena, Seatle escreve uma carta como resposta dizendo ao presidente que suas terras são inegociáveis, pois não há como vender os rios, o ar, o calor da terra, pois para ele cada pedaço de sua terra era precioso e caso ele vendesse os homens brancos não a tratariam com respeito como eles a tratavam retirando aquilo que os interessava e logo seguindo seu caminho.
Ao longo da carta ele dita ao presidente que irá meditar sobre a sua proposta com a seguinte condição que os homens brancos tratem os animais como seus irmãos porque tudo que acontece com os animais logo acontecerá com o homem e que há uma lição em tudo.



COMENTÁRIOS: Essa carta nos dá uma grande lição de vida porque a terra que em que vivemos é o que mais temos de importante, pois e dela que extraímos os alimentos a água, o ar, a vida e não podemos desrespeita-lá, pois não é a terra que pertence ao homem mais sim o homem que pertence a terra.

Nomes: Ana Regina, Fernanda e Samantha
N°: 04 ,15,29
Série: 1°ano B

... disse...

Terra da gente

A carta conta a historia de uma paixão diferente,a paixão de um povo com a sua terra.Uma terra que para eles é sagrada,que faz parte deles assim como eles fazem parte dela.Mais de derrepente eles se deparam com a proposta de compra da terra feita pelo grande chefe de Washington.Mais eles querem lembrar de como a terra deles e especial,eles querem que eles ensinem as crianças como a terra deles e maravilhosa.E isso devia sempre ser feito pois as crianças tem que aprender desde cedo com o a natureza e importante e como se tem que cuidar e preservar a natureza pois sem ela e quase impossível viver e ensina-las sobre a preservação do meio ambiente.


Nome:Vitória Ferrete
Números:35
1°Ano B